Arquivo

Arquivo de fevereiro, 2011

Desenrolando o BI

7, fevereiro, 2011 admin Sem comentários
Imaginamos sempre que BI é uma imensa lista de indicadores, fluxogramas, gráficos, planilhas e afins. Na prática, o BI pode se revelar algo bastante diferente.
A internet é um enorme banco de dados, mas o maior desafio é transformar este imenso banco em métricas, para que profissionais possam analisá-las e por fim, transformá-las em Business Intelligence (BI).
Compreendendo o BI…
Inteligência é tomar uma ação a partir do que se conhece, sendo assim, vamos aprender:
Dado = qualquer elemento identificado em sua forma bruta que, por si só, não conduz a uma compreensão de determinado fato ou situação.
Informação = é o dado trabalhado que permite a tomada de decisões.
Conhecimento = conjunto de ferramentas conceituais e categoriais usadas para criar, colecionar, armazenar e compartilhar a informação.
Inteligência = capacidade mental de raciocinar, resolver problemas, abstrair e compreender idéias e planejar para o futuro.
Portanto, BI pode se definir por um sistema com bancos de dados integrados que visa facilitar as tomadas de decisões baseadas em análises de dados históricos.
O BI é utilizado para se preparar para o futuro e funciona de acordo com alguns conceitos:
Dados brutos – dados que estão em diversos sistemas, planilhas, etc.
ETL (Extract, Transform and Load) – importa os dados de vários sistemas e os organiza.
Data Warehouse – onde os dados são organizados, é um repositório único e estruturado.
Ferramentas de Business Intelligence – possibilitam que os dados sejam consultados de diversas formas.
Esses conceitos e ferramentas podem fazer com que a margem de lucro do seu produto ou serviço seja exponencialmente ampliada com base em dados, e não em especulações ou intuições.

Imaginamos sempre que BI é uma imensa lista de indicadores, fluxogramas, gráficos, planilhas e afins. Na prática, o BI pode se revelar algo bastante diferente.

A internet é um enorme banco de dados, mas o maior desafio é transformar este imenso banco em métricas, para que profissionais possam analisá-las e por fim, transformá-las em Business Intelligence (BI).

Compreendendo o BI…

Inteligência é tomar uma ação a partir do que se conhece, sendo assim, vamos aprender:

Dado = qualquer elemento identificado em sua forma bruta que, por si só, não conduz a uma compreensão de determinado fato ou situação.

Informação = é o dado trabalhado que permite a tomada de decisões.

Conhecimento = conjunto de ferramentas conceituais e categoriais usadas para criar, colecionar, armazenar e compartilhar a informação.

Inteligência = capacidade mental de raciocinar, resolver problemas, abstrair e compreender idéias e planejar para o futuro.

Portanto, BI pode se definir por um sistema com bancos de dados integrados que visa facilitar as tomadas de decisões baseadas em análises de dados históricos.

O BI é utilizado para se preparar para o futuro e funciona de acordo com alguns conceitos:

Dados brutos – dados que estão em diversos sistemas, planilhas, etc.

ETL (Extract, Transform and Load) – importa os dados de vários sistemas e os organiza.

Data Warehouse – onde os dados são organizados, é um repositório único e estruturado.

Ferramentas de Business Intelligence – possibilitam que os dados sejam consultados de diversas formas.

Esses conceitos e ferramentas podem fazer com que a margem de lucro do seu produto ou serviço seja exponencialmente ampliada com base em dados, e não em especulações ou intuições.

Categories: Sem categoria Tags: